Sexta, 10 Março 2017 10:12

Parceria entre Fundação BB e IDIS lança projeto em comunidades do Amazonas

Escrito por Dalva de Oliveira
Avalie este item
(1 Votar)

Municípios de Borba, Nova Olinda e Itacoatiara receberão tecnologias sociais de saneamento básico, tratamento de água e saúde

Nesta sexta-feira (10), a Fundação Banco do Brasil e o Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social – IDIS lançaram, na superintendência do Banco do Brasil, em Manaus, o projeto “Tecnologias Sociais no Amazonas, que tem o apoio da Universidade do Estado do Amazonas – UEA e da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas – SUSAM.

Os municípios de Borba, Nova Olinda do Norte e Itacoatiara vão receber metodologias para o combate e prevenção de problemas nas áreas de saneamento básico, tratamento de água e saúde. Com investimento social de mais de R$ 1 milhão, a ação vai beneficiar duas mil famílias ribeirinhas e rurais, com foco especial na primeira infância.

“A reaplicação dessas tecnologias sociais possibilitará melhorias significativas na qualidade de vidas das populações atendidas. A efetividade da reaplicação poderá ampliar a atuação da Fundação BB para outros municípios com características semelhantes”, declarou João Júnior, gerente de Parcerias Estratégicas, Modelagem de Programas e Projeto da Fundação BB.

A comunidade de Axinim, que fica no município de Borba vai começar a receber, entre os dias 20 a 24 deste mês a Tecnologia Social HB, um método que ajuda na rápida identificação e tratamento da anemia ferropriva (deficiência de ferro no organismo) em alunos das escolas da rede pública de municípios brasileiros.

A diretora-presidente do IDIS, Paula Fabiani ressalta que o projeto vem para diminuir carências muito profundas dessas populações, como os casos de diarreia, anemia e necessidade de tratamento da água e de saneamento. "São pontos fundamentais que precisam ser sanados para a melhoria de vida das famílias e para o bom desenvolvimento das crianças. Assim, teremos uma geração mais saudável e indivíduos mais preparados para enfrentar os desafios da região, para manter a floresta de pé e essa riqueza que temos aqui que precisa ser cuidada por essa populações", disse.

As tecnologias sociais são soluções desenvolvidas com comunidades locais e que resolvem um determinado problema social. Com o sucesso da iniciativa, outras regiões também poderão ser beneficiadas. A escolha das tecnologias foi feita a partir de diagnóstico preliminar, realizado com a participação das populações locais, que auxiliaram na identificação das demandas e carências dessas comunidades. As práticas escolhidas já integram o Banco de Tecnologias Sociais (BTS), da Fundação BB, que reúne 850 experiências, capazes de gerar efetiva transformação social.

O IDIS já trabalha com as comunidades ribeirinhas do Amazonas desde 2011, quando junto com outros parceiros criou o PIR – Primeira Infância Ribeirinha. O PIR foi um projeto piloto que teve como objetivo final o estabelecimento de uma política pública para a primeira infância no estado. O projeto capacitou Agentes Comunitários de Saúde para que, durante as visitas domiciliares, orientassem as famílias sobre cuidados básicos de saúde para gestantes e crianças pequenas.

Os resultados foram positivos e o governo criou, no ano passado, o Programa Primeira Infância Amazonense (PIA) – lei 4.312, aprovada em 11 de março de 2016 –, que expande esse atendimento para todos os municípios do Amazonas. 

O evento de lançamento contou também com a presença do superintendente estadual do Banco do Brasil na Amazônia, Dermilson Garcia, da coordenadora estadual de Saúde da Criança (SUSAN), Katherine Benevides, da médica pediatra, especialista e infectologista, docente da Escola Superior de Ciências da Saúde da UEA, Ana Luisa Pacheco, do secretário de saúde de Itacoatiara, Braz Rodrigues e do secretário de Meio Ambiente de Itacoatiara, Lúcio Barros.

Conheça as iniciativas escolhidas pelo projeto “Tecnologias Sociais no Amazonas”:

HB: Tecnologia Social de Combate à Anemia Ferropriva
Trata-se de um método que ajuda na rápida identificação e tratamento da anemia ferropriva em alunos das escolas da rede pública de municípios brasileiros.

SODIS: Desinfecção solar da água
Por meio de mecanismos sinergéticos [simplificar] de radiação UV-A solar e temperatura, esta técnica trata a água para o consumo neutralizando os microorganismos/ bactérias elementos patogênicos causadores de diarreia e doenças relacionadas.

Banheiro Ecológico: saneamento descentralizado para comunidades ribeirinhas
Tem como objetivo, reduzir a contaminação de recursos hídricos, oferecendo solução de saneamento.

Saiba mais sobre o Banco de Tecnologias Sociais: fbb.org.br/tecnologiasocial

idis1  foto barco1

A realização deste projeto contempla três Objetivos do Desenvolvimento Sustentável, que fazem parte da Agenda da Organização das Nações Unidas com metas para o ano de 2030.

3 6 11

 

Ler 376 vezes Última modificação em Segunda, 13 Março 2017 17:24

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.