Quarta, 06 Outubro 2021 18:02

Parceira da Fundação BB vence prêmio da ONU Destaque

Escrito por Assessoria de Comunicação
Avalie este item
(1 Votar)

Portal Interno Cedac

CoopCerrado representa o Brasil e terá a oportunidade de participação em eventos associados à Assembleia Geral da ONU e do Nature for Live Hub

Foi realizada nesta segunda-feira (4), a cerimônia de entrega do Prêmio Equatorial 2021. Com o tema "Respostas a nossa crise planetária", o evento premiou dez soluções locais, inovadoras e baseadas na natureza para combater a perda de biodiversidade e as mudanças climáticas, e alcançar seus objetos de desenvolvimento local, mesmo durante a pandemia. Representando o Brasil, a vencedora é a Cooperativa Mista de Agricultores Familiares, Extrativistas, Pescadores, Vazanteiros, Assentados e Guias Turísticos do Cerrado (CoopCerrado), sediada em Goiânia (GO).

Os vencedores do Prêmio receberão U$ 10.000 e a oportunidade de participar de uma série de eventos virtuais especiais associados à Assembleia Geral da ONU e ao Nature for Life Hub ainda este ano. Eles se juntarão a uma rede de 255 comunidades de mais de 80 países que receberam o Prêmio Equatorial desde sua criação em 2002. E foram selecionados a partir de um conjunto de mais de 600 indicações de 126 países por um Comitê Consultivo Técnico independente, formado por especialistas de renome internacional. Organizado pela iniciativa Equador dentro do PNUD, o prêmio é concedido bienalmente e reconhece os esforços de comunidades para reduzir a pobreza por meio da conservação e uso sustentável da biodiversidade.

A cooperativa é parceira da Fundação BB no projeto Rede de Agroextrativismo Sustentável no Cerrado: reaplicação de Tecnologias Sociais Geradoras de Renda, iniciado em junho de 2019. A CoopCerrado está promovendo a geração de renda de famílias agroextrativistas, proporcionando a organização das cadeias socioprodutivas de espécies nativas do Cerrado - amburana, babaçu, baru, faveira, macaúba e pequi a partir da reaplicação das metodologias Agroextrativismo Sustentável da Favela e Rede de Agroecologia Povos da Mata, certificadas pela Fundação BB como Tecnologias Sociais em 2007 e 2017 respectivamente.

A CoopCerrado conta com mais de 4.600 famílias cooperadas, que formam uma rede comunitária de agroextrativistas no Cerrado, tendo uma estratégia de organização baseada no manejo das paisagens, potencializando a biodiversidade. E administra uma área de 124 mil hectares e a iniciativa beneficia diretamente mais de 26 mil pessoas.

Orgânico certificado

Os produtos coletados pela Coopcerrado de forma sustentável, são comercializados pela rede de comercialização solidária, que possui uma marca coletiva, Empório do Cerrado e contam com a Certificação Orgânica Participativa do CEDAC (Centro de Desenvolvimento Agroecológico do Cerrado).

Luiz Gonzaga de Carvalho, assessor de Monitoramento da Fundação BB, destacou que o projeto apoia a geração de renda para 250 integrantes  da CoopCerrado que participam diretamente da iniciativa. “A instituição está promovendo a organização da produção a partir do manejo sustentável e a venda dos produtos com maior valor agregado. Eles já exportam, por exemplo, a castanha de baru e comercializam a faveira para a indústria farmacêutica localizada em São Paulo”, afirmou.

Ler 179 vezes Última modificação em Quinta, 07 Outubro 2021 14:04

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.