Quarta, 20 Abril 2022 17:00

Você conhece a Cloc? Destaque

Escrito por Assessoria de Comunicação
Avalie este item
(1 Votar)

Portal CLOC 1157 por 605 abertura

Metodologia certificada pela Fundação BB conecta criatividade e geração de renda

A metodologia CLOC (Criatividade, Lógica, Oportunidade e Crescimento) foi elaborada pelo Instituto de Pesquisas em Tecnologia e Inovação (IPTI) em Santa Luzia do Itanhy (SE). A iniciativa consiste no desenvolvimento de atividades da área de Tecnologia da Informação (TI) junto a estudantes do ensino fundamental de escolas públicas. Em um cenário, a princípio com poucas ofertas aos jovens, foram criadas oportunidades de crescimento e formação consistente e direcionada às novas demandas do mercado de trabalho no país.

A CLOC é desenvolvida a partir da qualificação de alunos de escolas públicas em programação, indo do básico ao avançado. Os que atingem o grau mais adiantado passam a ensinar os jovens das turmas iniciais nas escolas das comunidades participantes.

Metodologia CLOC

Público: alunos de escolas públicas
Faixa etária: 12 a 16 anos
Cidade: Santa Luzia do Itanhy (SE)
Comunidades: rurais e ribeirinhas
Linha de atuação: inclusão produtiva por meio da preparação para o mercado de trabalho

O foco no empreendedorismo criativo e digital traz aos adolescentes participantes uma formação tecnológica de alta qualidade e o potencial de atender a clientes de qualquer lugar do Brasil.

Samuel Falcão redux 200 x 268

Samuel Falcão, assessor de Portfólio da Fundação BB que atua na área de Tecnologia Social e da plataforma Transforma, comenta a importância da aliança das ferramentas tecnológicas com a educação presente na metodologia CLOC. “O processo formativo proposto pelo IPTI na TS CLOC colabora para a diminuição da situação de vulnerabilidade e pobreza, bem como para a redução da fuga de talentos em localidades periféricas do País. A iniciativa tem como diferencial, além da formação empreendedora, um processo de incentivo à multiplicação pelos próprios participantes, tendo em vista que os jovens formados em um ciclo contribuem com a formação dos jovens do ciclo seguinte. Trata-se de uma proposta emancipadora, focada no processo criativo e aplicada à tecnologia que, cada vez mais, tem se tornado um aspecto central no mundo do trabalho”, afirmou.

 WhatsApp Image 2022 04 22 at 13.44.10   Copia

Ruancelli do Nascimento, integrante do IPTI - instituição responsável pela tecnologia social CLOC, fala sobre as atividades recentes desenvolvidas dentro da metodologia. “No CLOC buscamos sempre alinhar a formação com as expectativas do mercado e recentemente incorporamos capacitações em inteligência artificial. Além disso continuamos ampliando nossa presença geográfica. Recentemente iniciamos a reaplicação do CLOC em Fortaleza em parceria com uma empresa de TI cearence (Lanlink) para logística (espaço e equipamentos) e apoio na formação profissional dos adolescentes a serem beneficiados pelo projeto. Nossa expectativa é esse ano ampliar para mais 3 cidades do sul de Sergipe nosso modelo de desenvolvimento humano e impactar um número maior de jovens em comunidades subestimadas”, afirmou.

Portal CLOC 1157 x 605 fechamento

Esta solução foi finalista na categoria Geração de Renda do Prêmio Fundação Banco do Brasil de Tecnologia Social 2019. Para conhecer, clique aqui e acesse a Plataforma Transforma para conhecer esta tecnologia social.

Ler 1043 vezes Última modificação em Segunda, 25 Abril 2022 13:43

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.