Sexta, 09 Junho 2023 14:04

Autismo em pauta na Fundação BB Destaque

Escrito por Assessoria de Comunicação
Avalie este item
(1 Votar)

Portal Abertura

Evento apresenta o tema a partir de diferentes perspectivas

A Fundação BB promoveu uma roda de conversa sobre o autismo. O evento se propôs a debater o tema tirando dúvidas, compartilhando experiências, quebrando mitos e proporcionando um espaço de escuta e de acolhimento.

Participaram da conversa: Sérgio Ricardo Menezes (Serginho), funcionário do Banco do Brasil, pai de autista, e membro do grupo BB Azul; a musicoterapeuta Ana Carolina Steinkopf - criadora da metodologia “Uma Sinfonia Diferente” – Tecnologia Social certificada pela Fundação BB; a médica Angélica Ávila - especialista em Transtorno do Espectro Autista; e a jovem Sofia Rezende de Castro com espectro autista e artista que cantou músicas de sua autoria e encantou a todos.

Serginho ao lado do filho   aspas

O debate contou com o relato emocionado do colega Serginho do BB que falou do amor sem fronteiras que sente pelo filho mesmo sem nunca ter escutado a sua voz (o filho possui espectro autista nível III e com 16 anos ainda não se comunica pela fala). Também levou muitos dos colegas presentes às lágrimas ao falar da extensão desse amor e dos problemas enfrentados no seu dia a dia. 

Aspas Carol 217 por 250

Ana Carolina Steinkopf, musicoterapeuta e criadora da Tecnologia Social “Uma Sinfonia Diferente”, programa de desenvolvimento para pessoas com autismo através da música, certificada pela Fundação e premiada em 2017, ressaltou “o poder de transformação e inclusão que a música proporciona para as pessoas com autismo e dos desafios que ainda temos que superar.”

A roda de conversa e sua abordagem didática e emocionada envolveu os participantes, que também relataram suas experiências pessoais com parentes próximos: filhos, primos, entre outros e agradeceram a oportunidade de aprender a desmistificar um assunto que, como dito no evento, “não está na moda e sim em evidência.”

AGN Autismo dra Angelica

Angélica, Carolina Steinkopf e Serginho

Angelica Ávila abordou os muitos mitos que existem sobre o assunto e detalhou situações vividas cotidianamente ao longo dos tratamentos: o relacionamento com pacientes e familiares e, em especial, a importância da escuta, de uma rede de apoio e do tratamento.

sonia aspas

Sônia Freire, diretora de Gestão de Pessoas, Controladoria e Logística da Fundação BB, ressaltou a importância do momento para todos os funcionários da Fundação BB. “Foi emocionante e extremamente relevante esse debate. É um tema que vem ganhando espaço nas rodas de conversa e nas discussões. Essa ação reforçou o foco da Fundação BB em promover o debate sobre autismo, assim como alinhamento com o Programa Diversidade do BB. Importante destacar que em nossa estratégia a sensibilidade social é um valor buscado por meio do respeito à diversidade e o empoderamento socioeconômico.” 

aspas Patrícia Lustosa 262 por 300

Patrícia Lustosa, gerente de pessoas da Fundação BB, ressaltou a importância para os funcionários destes espaços de conversa e empatia e o quanto momentos assim agregam em significado na construção da aproximação entre os funcionários e de um melhor clima de trabalho.

Poliane 200 por 299 aspas

Poliane Alves, representando da Equipe de Comunicação e Autodesenvolvimento (Ecoa) da Fundação BB, agradeceu a oportunidade de poder contar com a presença de pessoas que, simplesmente relatando suas histórias, puderam acrescentar tanto no coração pessoal dos presentes quanto no coração social do Banco do Brasil. 

 

Ler 3477 vezes Última modificação em Sexta, 09 Junho 2023 14:33

Deixe um comentário

Certifique-se de preencher os campos indicados com (*). Não é permitido código HTML.